Diálogos da Esquina

A seqüência de fotos, capturadas em celular ao longo de 2009, faz parte de uma série de registros de uma esquina do Rio de Janeiro.

 

As imagens permitem levar a um desencadeamento de metáforas provocado pelas pessoas, palavras e objetos que se organizam de forma imprevisível.

 

A esquina é somente um pequeno espaço urbano, mas faz parte da rede de comunicação da metrópole contemporânea. Sendo latina, carioca, a esquina oferece alegria e cultura. Tem teatro, tem música: samba, funk, rock. E qualquer novidade passageira do momento.

 

Assim como a cidade, a esquina é viva e caótica. Lugar transitório que reflete o consumido e o descartado. Há lixo de alguns que no dia seguinte para outros não é mais. Passa muita gente, dorme gente.

© 2020 José Diniz

  • Facebook
  • Instagram